terça-feira, 15 de dezembro de 2015

Primeira deputada negra do Brasil



Antonieta de Barros entraria para a história como a primeira deputada negra do Brasil. O ano era 1934 e não fazia nem 50 anos que a escravidão tinha sido abolida.No link abaixo você pode conhecer esta historia interessante de superação


https://pt.globalvoices.org/2015/12/14/voce-conhece-a-historia-da-primeira-deputada-negra-do-brasil/

segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

Heróis negros


O jovem PH Cortes,um adolescente negro,resolveu fazer uma serie no you tube sobre heróis negros brasileiros,confere aí na reportagem(link abaixo) e assistam os vídeos no you tube. Ótima dica pra sala de aula.











http://www.mundonegro.inf.br/adolescente-paulistano-cria-canal-sobre-herois-negros-brasileiros-no-youtube/

segunda-feira, 9 de novembro de 2015

Recursos Pedagógicos para uma boa aula.



Indicações de livros, textos de estudo, organizações, planos de aula e outros materiais para apoiar sua formação sobre o tema e para trabalhar em sala com o tema África  pela Nova Escola.Só clicar no link abaixo.





http://revistaescola.abril.com.br/consciencia-negra/africa-brasil/recursos-pedagogicos.shtml

Especial África Nova Escola



Ótima matéria da Nova Escola sobre a história dos africanos no Brasil,é uma edição especial com várias curiosidades e assuntos interessantes.Cilca no link abaixo e boa viajem!




http://revistaescola.abril.com.br/consciencia-negra/africa-brasil/luta-no-brasil.shtml?utm_source=redeabril_novaescola&utm_medium=facebook&utm_campaign=redesabril_novaescolaclube

segunda-feira, 15 de junho de 2015

Alabê de Jerusalém!

Assistam neste endereço abaixo a Opera Alabê de Jerusalém
dá para baixar no you tube.Otimo pra trabalhar em sala de aula a intolerância religiosa e as religiões de matriz africana,assim como mitos africanos.Um presentão!!
"Essa obra de Altay Veloso, “O Alabê de Jerusalém” tem tido, com unanimidade, o honroso apoio de todos os setores da comunidade artística brasileira, das instituições que trabalham para a efetiva inclusão social daqueles a quem, historicamente, tem sido negada uma participação digna na vida do país e por conta do seu conteúdo, que busca o mais profundo sentimento de amor, respeito e tolerância entre as diferentes culturas, tem recebido um afetuoso abraço de entidades como a Unesco “Além de ser uma celebração cultural de alto nível, se propõe a emocionar e provocar uma reflexão sobre os temas da tolerância e da convivência pacífica entre as diferentes crenças e raças...”. Esta obra levou mais de 20 anos de pesquisa, inclusive com viagens a Jerusalém, à Nigéria, a Angola e à Bahia2 " Wikipédia.



https://www.youtube.com/watch?v=4rpPqioVt5o
















quarta-feira, 4 de março de 2015

OYa


Filme nigeriano foi escrito e está sendo dirigido por Nosa Igbinedion. No filme, a missão de Oya é encontrar uma garota capaz de abrir o portão entre os humanos e os orixás para que o mundo não caia em desgraça.Segue os links abaixo trailer do filme e reportagem de o Globo.
Vale a pena conferir.

https://www.youtube.com/watch?v=WS6L_9Yu_y0

http://oglobo.globo.com/sociedade/religiao/orixas-transformam-se-em-super-herois-no-primeiro-filme-africano-do-genero-13163051

O Livro do Silêncio


Boa dica de leitura, a concepção de book trailer tá fantástica!perca não!

https://www.youtube.com/watch?v=GNAWuAlQKqE

"Na África ancestral, Orunmilá, o maior adivinho de todos os tempos, não entende por que seus instrumentos se calaram. Nos dias atuais, um jovem jornalista se aventura pelas ruas de São Paulo, tentando fugir de uma missão que não deveria ser sua. Em Deuses de dois mundos, o autor PJ Pereira dá vida a personagens como Ogum, Xangô, Oxóssi e Oxum, que se unem a gente do nosso tempo para resgatar os 16 príncipes do destino, numa narrativa épica que preserva toda a sensualidade e violência original dos mitos africanos dos orixás."

========

Esse book trailer foi produzido pela Laundry Design, de Los Angeles, com trilha sonora de Otto e Pupillo (Nação Zumbi), participação especial de Andreas Kisser (Sepultura) e narração de Gilberto Gil.

"Na mitologia dos iorubás, um dos povos africanos dos quais traficantes roubaram homens, mulheres e crianças para trazer para o Brasil como escravos, deuses e humanos um dia viveram juntos. Até que dois desses deuses brigaram e criaram a separação entre o orum (que chamamos de céu) e o aiê (terra). Ao construir Deuses de Dois Mundos: O Livro do Silêncio, PJ Pereira põe a mitologia de cabeça para baixo, juntando de novo humanos e deuses num mesmo cotidiano, fundindo mito e ficção, recriando um universo em que os ciclos da repetição são rompidos e substituídos pelo produto da imaginação do autor, que, no entanto, os faz voltar em seguida ao movimento original. Em termos mitológicos esse jogo poderia resultar numa catástrofe como a que dividiu o mundo em dois, mas para nossa sorte o que a inversão operada por PJ Pereira pretende e consegue é produzir um livro delicioso de se ler, um 'livro do silêncio', que é capaz, contraditoriamente, de nos falar bem alto, como gosta a boa mitologia." - Reginaldo Prandi, Professor da USP e Autor de Mitologia dos Orixás.

segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

Documentário A Cor do Trabalho resgata memória do trabalho negro - Portal Vermelho

Documentário A Cor do Trabalho resgata memória do trabalho negro - Portal Vermelho



'A Cor do Trabalho é dirigido por Antônio Olavo, que tem uma vasta experiência em tratar a história de resistência do povo negro na telona. O documentário levou um ano para ficar pronto, em 72 minutos conta a história de 32 pessoas negras que tiveram sucesso em seus empreendimentos e carreiras profissionais. 

“Existe um legado que serviu para modificar boa parte da vida dos negros baianos, mas ainda hoje, mesmo com muitos esforços, é oculto. Este documentário mostra que o trabalho é uma contribuição para rasgar esse véu que cobre a história do povo negro”, explica'



fonte http://www.vermelho.org.br/